sexta-feira, 30 de novembro de 2007

INEM expulsa Tripulantes de Ambulância de Socorro


A viatura médica do CODU de Lisboa, única viatura que é legalmente da responsabilidade do INEM a funcionar desde1990, com uma tripulação unicamente constituída por um Médico e um Tripulante de Ambulância de Socorro, ira deixar de ter Tripulantes de Ambulância de Socorro como parte da sua tripulação.

Numa reunião no mês de Novembro a Dr. Isabel Santos informou os Tripulantes de Ambulância de Socorro, que prestam serviço ao INEM desde 1990, que seriam dispensados do serviço que efectuavam para o INEM no final do mês de Novembro, sendo substituídos por enfermeiros contratados.

Quase duas décadas de dedicação a esse instituto, esses profissionais foram dispensadas dos seus serviços que de uma forma pouco ética e moral, profissionais que em momento algum nunca viraram as costas ao INEM nos mementos difíceis, e sempre cumpriram as escalas de serviço ininterruptamente, mantendo operacionais a VMER, ambulâncias e a central.

Durante esses anos todos aprendi e ensinei muita coisa, mostramos e provamos que os TAS facilmente podem executar muitas técnicas que lhe são vedadas, desde que exista formação e supervisão médica, contradizendo muitas mentes que vivem cercadas pelos seus lóbis pessoais e profissionais.

Assim me despeço deste serviço, com a sensação de dever comprido.





2 comentários:

CresceNet disse...

Oi, achei seu blog pelo google está bem interessante gostei desse post. Gostaria de falar sobre o CresceNet. O CresceNet é um provedor de internet discada que remunera seus usuários pelo tempo conectado. Exatamente isso que você leu, estão pagando para você conectar. O provedor paga 20 centavos por hora de conexão discada com ligação local para mais de 2100 cidades do Brasil. O CresceNet tem um acelerador de conexão, que deixa sua conexão até 10 vezes mais rápida. Quem utiliza banda larga pode lucrar também, basta se cadastrar no CresceNet e quando for dormir conectar por discada, é possível pagar a ADSL só com o dinheiro da discada. Nos horários de minuto único o gasto com telefone é mínimo e a remuneração do CresceNet generosa. Se você quiser linkar o Cresce.Net(www.provedorcrescenet.com) no seu blog eu ficaria agradecido, até mais e sucesso. If is possible add the CresceNet(www.provedorcrescenet.com) in your blogroll, I thank. Good bye friend.

Equalchance; Escola de Socorrismo disse...

Caro Reinaldo. Cheguei até ao seu blogue através do blogue do "Dr. Enfermeiro". Deixou um comentário ao meu comentário.

Tenho muitíssima pena não ter tido conhecimento do seu blogue antes, pois, por aquilo que tive a oportunidade de ler até agora, é deveras interessante, deixando espaço para reflexão. O seu nome não me é estranho. Saí de Lisboa em 2001, altura em que vim para Braga. Na altura estava na U.S. de Lisboa, e fazia parte da tripulação da "3". Efectuei muitos serviços convosco, pelo que se calhar poderá ao menos ter uma vaga recordação de mim. Ricardo Sant'Anna, mais conhecido como o "Espanhol", da U.S. Nacional, naquela altura. Colega e amigo do Bébé, do Cachão Duarte, Paulo Santos, etc. e discípulo do Cmdt. Manuel Velloso e Marinela Velloso. Aliás, foi determinante na minha ida para os E.U. o facto de ter aprendido o que aprendi com eles. Não seria quem hoje sou de não ser por ele.

Esses dias nunca se varrerão da minha memória. Os melhores tempos da minha vida. Apesar das (inúmeras) zangas e discussões, tudo era pelo doente ou vítima.

Hoje tudo está diferente. Tal como refere, onde estavam os Enfermeiros naquela altura? Lembro-me de a certa altura terem sido convidados a fazer VMER e terem recusado, pois não eram "Chaufers" nem burros de carga...

Pois, mas agora a falta de emprego, precariedade de vida e falta de "duplos"(turnos), fizeram com que se virássem para o ultimo local. A Emergência. Que importa se passámos horas e horas, senão meses e anos a dar formação a estes senhores, que nada percebiam quando saiam da escola?

Quanta formação, tal como o Reinaldo, não dei a estes senhores, que na altura nos olhavam olhos nos olhos, reconhecendo a nossa capacidade e experiência, mas que hoje em dia nos tratam como cães vadíos. A memória é curta neste país.

Espero que nesta nova etapa da sua vida tenha mais sorte, e que tal como me disse, não desanime. Afinal, colhemos o que plantamos. Neste caso, pensávamos plantar rosas, mas nasceram bananas...

Também tenho um blogue, que sinceramente não se pode comparar ao seu, mas ficaria muito contente se passa-se por lá. É da firma que abri em Braga, pois o Voluntariado não dá para viver e não tive oportunidades de emprego quando cá cheguei. Apesar do meu Curriculum... http://equalchance.blogspot.com

Se houver alguma possibilidade de ajudá-lo com alguma coisa, terei o maior gosto em assim o fazer. Sou um Coca-Cola, mas vejo nos Bombeiros os meus irmãos, não os meus rivais.

Com a maior consideração e desejos de felicidades;

Ricardo Luis Martin Sant'Anna